Uma análise da escolha do curso superior no Brasil

Palavras-chave: Ensino superior, capital humano heterogêneo, acesso ao ensino superior

Resumo

O objetivo do artigo é avaliar os fatores que influenciam a escolha do tipo de curso superior no Brasil. A partir dos dados dos Censos Demográficos de 2000 e 2010 e da Sinopse de Educação Superior de 2000, modelamos a escolha do curso por parte do indivíduo usando o modelo logit condicional. As variáveis que condicionam esta escolha são: características individuais e familiares; relação candidato-vaga; tempo de duração do curso; e incentivos econômicos das carreiras (média e variabilidade do rendimento e desemprego). Esta análise é feita para o total de indivíduos que estavam em idade de prestar vestibular no ano de 2000. Os resultados indicam que os rendimentos e a taxa de desemprego influenciam apenas os indivíduos do quartil mais elevado, enquanto a concorrência possui maior impacto sobre a escolha dos indivíduos do quartil inferior de distribuição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUAS, M.; MACHADO, D. C. Secondary vocational education and earnings in Brazil. In: II ENCONTRO DE ECONOMIA APLICADA. Anais...Juiz de Fora-MG: UFJF, 2016. Disponível em: http://www.ufjf.br/encontroeconomiaaplicada/files/2016/05/artigo89economiasocialetrabalho_identificado.pdf.

ALTONJI, J. G. The demand for and return to education when education outcomes are uncertain. Journal of Labor Economics, v. 11, n. 1, p. 48-83, 1993.

ALTONJI, J. G.; BLOM, E.; MAGHIR, C. Heterogeneity in human capital investments: high school curriculum, college major, and careers. Cambridge, MA: NBER, 2012 (Working Paper NBER, n. 17985).

BARTALOTTI, O.; MENEZES FILHO, N. A relação entre o desempenho da carreira no mercado de trabalho e a escolha profissional dos jovens. Economia Aplicada, São Paulo, v. 11, n. 4, p.487- 505, 2007.

BERGER, M. C. Predicted future earnings and choice of college major. Industrial and Labor Relations Review, v. 41, n. 3, p.418-429, Apr. 1988.

CAMERON, A. C.; TRIVERDI, P. K. Microeconometrics. New York: Cambridge University Press, 2005.

CARVALHO, M. M. A educação superior no Brasil: o retorno privado e as restrições ao ingresso. Sinais Sociais, Rio de Janeiro, v. 5, n. 15, p. 82-111, 2011.

CASARI, P. Retorno esperado e escolha profissional: fatores associados à escolha da carreira dos alunos da Universidade de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Economia) –Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

EMILIO, D. R.; BELLUZZO JUNIOR, W.; ALVES, D. C. O. Uma análise econométrica dos determinantes do acesso à Universidade de São Paulo. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 34, n. 2, p. 275-306, 2004.

DURU, M.; MINGAT, A. Comportement des bacheliers: modèle de choix de disciplines. Revue Consommation, v. 34, p. 245-262, 1979.

FREEMAN, R. B. A cobweb model of the supply and starting salary of new engineers. Industrial and Labour Relations Review, v. 30, n. 2, p. 236-48, 1976.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Documentação dos microdados da amostra – Censo Demográfico 2000. Rio de Janeiro, novembro 2002.

_________. Documentação dos microdados da amostra – Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro, abril 2011.

INEP. Tabelas da Sinopse Estatística da Educação Superior – Graduação. 2012. Disponível em: http://inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior. Acesso em: ago. 2018.

MACHADO, C.; SZERMAN, C. Centralized admission and the student-college match. Bonn: IZA, Sep. 2016 (Discussion Paper n. 10251).

MENDES JUNIOR, A. A. F. Uma análise da progressão dos alunos cotistas sob a primeira ação afirmativa brasileira no ensino superior: o caso da Universidade do Estado do Rio de

Janeiro. Ensaio: Avaliação de Políticas Públicas Educacionais, Rio de Janeiro, v. 22, n. 82, p. 31-56, 2014.

GOUVEIA, A. J. Origem étnica e situação socioeconômica dos estudantes matriculados em diferentes áreas de estudo nas universidades de São Paulo. América Latina, ano 13, n. 4, p. 33-48, 1970.

LI, L. D.; CHAGAS, A.L.S. Efeitos do SISU sobre a migração e a evasão estudantil. In: XV ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ESTUDOS REGIONAIS E URBANOS. Anais... São Paulo: Aber, 2017. Disponível em: http://sisconev.com.br/Uploads/ENABER17/Trab01570036202017006_000000.pdf.

MCFADDEN, D. Conditional logit analysis of qualitative choice behaviour. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON SPATIAL INFORMATION THEORY. Proceedings… Bastad, Sweden, 1973.

MONT’ALVÃO, A. Estratificação educacional no Brasil do século XXI. Dados – Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v.54, n.2, p. 389-430, 2011.

MONTMARQUETTE, C.; CANNINGS, K.; MAHSEREDJIAN, S. How do young people choose college majors? Economics of Education Review, v. 21, n. 6, p. 543-556, Dec. 2002.

NOGUEIRA, C. M. M. Escolha racional ou disposições incorporadas: diferentes referenciais teóricos na análise sociológica do processo de escolha dos estudos superiores. Estudos de Sociologia, v. 2, n. 18, 2012.

PAGLIN, M.; RUFOLO, A. Heterogeneous human capital, occupational choice, and male-female earnings differences. Journal of Labor Economics, Chicago, v. 8, n. 1, p. 123-144, 1990.

PAUL, J.-J.; SILVA, N. V. Conhecendo o seu lugar: a auto-seleção na escolha de carreira. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v.14, n. 1, p. 115-130, 1998.

SCHWARTZMAN, S. Aprendendo com os erros e acertos do passado: pontos essenciais para a definição de políticas públicas de Educação Superior. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARTICULAR. Anais... Florianópolis: Fórum das Entidades Representativas

do Ensino Superior Particular, abril 2010.

SOARES, F. L. B. A escolha no ensino superior: fatores de decisão. 2007. 126 f. Dissertação (Mestrado em Economia) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

SILVA, D.F. C. da; NETO, R.M.S. Escolhas de carreiras universitárias e mercado de trabalho: uma análise da influência dos incentivos econômicos. Nova Economia, Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p. 519-552, set./dez. 2015.

Publicado
2018-06-11
Como Citar
Martins, F. dos S., & Machado, D. C. (2018). Uma análise da escolha do curso superior no Brasil. Revista Brasileira De Estudos De População, 35(1), 1-24. https://doi.org/10.20947/S0102-3098a0056
Seção
Artigos originais